O que é o ponto de equilíbrio em uma empresa?

Tempo de leitura: 6 minutos

O ponto de equilíbrio de um negócio é um dos principais fatores que o farão se manter dentro de um mercado específico, sem afetar sua saúde financeira. Este assunto é tema de diversos debates, e muita gente acaba tendo dificuldades para realmente entender a que ele diz respeito.

Este é o seu caso? Então continue a ler este texto para saber, de uma vez por todas, o que é o ponto de equilíbrio de uma empresa!

Qual é o conceito de ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio de um negócio é, sumariamente, o equilíbrio entre gastos e ganhos do empreendimento, considerando-se um determinado período. Assim, a ferramenta desponta como um indicador de segurança dentro de um estabelecimento, uma vez que proporciona projeções de vendas e lucro esperado.

Esse fator é fundamental para que a empresa consiga calcular com maior precisão a partir de que ponto ela começará a gerar lucro — e, por isso, serve como parâmetro para muitos estabelecimentos.

E como atingi-lo?

Para alcançar o ponto de equilíbrio é preciso, primeiramente, ter organização. Sustentar um planejamento financeiro atualizado da receita gerada e das despesas do empreendimento é crucial.

Além disso, é muito conveniente ter um controle restrito de todas as operações de venda do negócio, por menores que elas sejam.

A partir daqueles dados, o empreendedor poderá fazer um cálculo de qual é o valor que o estabelecimento deve arrecadar para se manter “existindo” no mercado. Ou seja, o quanto o negócio precisa vender para suprir as suas necessidades básicas de manutenção.

Como é calculado o ponto de equilíbrio?

A fim de calcular o ponto de equilíbrio, existem vários métodos, sendo a fórmula que segue abaixo aquela mais usada:

Ponto de Equilíbrio = despesas fixas / margem de contribuição

É importante lembrar que a margem de contribuição consiste na receita do local subtraída de seu custo variável.

Além disso, existem outros métodos que levam em consideração qual será o resultado final do ponto de equilíbrio. Por exemplo: o método contábil considera que o ponto de equilíbrio deve ser igual a 0, pois assim terá coberto todas as despesas necessárias.

Em contrapartida, o método econômico segue a linha de pensamento de que o ponto de equilíbrio deve gerar algum lucro para o empresário. Por isso, o montante total deverá ser maior que 0.

Já o cálculo no método financeiro utiliza informações que não demonstram um desembolso ou entrada no fluxo de caixa da empresa, o que acaba tornando o ponto de equilíbrio muito similar ao valor do caixa.

Quais são os principais erros na hora de atingir o ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio é um indicador que mostra quantas operações de venda devem ser realizadas para que a empresa, de fato, se estabeleça e tenha sucesso. Por isso, muitos empreendedores acabam cometendo erros na hora de atingir este ponto, e em fazer seus cálculos.

Veja aqui os principais deles:

“Quanto mais vender, melhor”

A lógica de que “quanto mais operações de venda, melhor será para uma empresa” é um erro que pode ser fatal para sua vida financeira. Isso porque muitos empresários esquecem que existe um número determinado de vendas que a empresa poderá fazer até atingir seu potencial máximo.

Depois disso, novas vendas acarretarão, também, em novos custos. Dessa forma, calcular um ponto de equilíbrio muito elevado, sem levar em conta os dispêndios dessas operações, poderá causar um rombo em seu orçamento.

Ter expectativas irreais

O ponto de equilíbrio é uma projeção das vendas de uma empresa. Assim, o empresário pode partir do pressuposto de que este número deve ser igual ao 0. No entanto, se a sua ideia é ter lucro, normalmente, o ponto de equilíbrio será computado tendo como base um número superior a 0.

Se este é o seu caso, é importante se manter atento: jogar esta expectativa muito para cima pode arruinar a saúde financeira do estabelecimento. Portanto, é preciso, acima de tudo, manter uma perspectiva realista — tanto da capacidade da empresa quanto do mercado em que atua.

Não investir em sua empresa

Para atingir o ponto de equilíbrio ideal dentro de seu empreendimento, é muito importante investir apropriadamente nele. Assim, você estará otimizando seus serviços e os utilizando em sua máxima capacidade.

Ter pressa

Ao abrir um negócio, o empreendedor deve entender que ele muito dificilmente dará lucro de uma hora para a outra. Por isso, é necessário paciência para estabelecer-se na área em que atua, e até mesmo para atingir seu ponto de equilíbrio ideal.

O indicador em questão deverá levar em consideração um determinado período de tempo, bem como qual é a situação real da empresa no mercado, e a situação econômica do local em que atua. Dessa forma, o empresário poderá calcular de maneira efetiva qual é o valor que equipará seus gastos e seus ganhos.

Não ter uma reserva de emergência

Dependendo do cenário e do momento do mercado, negócios não conseguem atingir seu ponto de equilíbrio. Ao menos não tão rapidamente quanto o empreendedor esperava.

Quando isso ocorre, o que fazer? Nessas horas, o empresário, em geral, tem duas opções: recorrer a empréstimos ou utilizar um fundo de emergência.

As linhas de crédito para empresas, não podemos esquecer, funcionam de forma similar às dívidas. Em outras palavras, ao adquirir um empréstimo você está, na verdade, adquirindo uma nova despesa, que deve ser colocada no planejamento financeiro do estabelecimento.

Conservar um fundo de emergência para qualquer tipo de imprevisto na empresa vai evitar muita dor de cabeça.

Considerar apenas um cenário

Ninguém abre uma empresa esperando pelo pior cenário. Mas, infelizmente, ninguém está imune às oscilações do mercado.

É preciso que o empreendedor esteja preparado. Na hora de calcular com eficácia o ponto de equilíbrio ideal para a sua empresa, é preciso levar em consideração diversas situações.

Por exemplo: o ponto de equilíbrio deve ser calculado no modo “sobrevivência” ou no modo lucrativo. No primeiro caso, o número total deverá ser capaz de suprir as demandas básicas do local; já, no segundo caso, o estabelecimento atua tranquilamente no mercado, e gera uma margem de lucro.

Calcular bem o ponto de equilíbrio de uma empresa pode ser a peça-chave para que suas estratégias tenham mais sucesso. Essas projeções, se feitas de maneira eficiente, podem dar parâmetros muito claros do quanto a empresa deverá vender. A partir disso, podem-se criar iniciativas mais certeiras (de marketing e de vendas) para atingir metas corporativas.

Agora você já sabe qual a importância do ponto de equilíbrio e como atingi-lo! Assine nossa newsletter, para ficar sempre atualizado sobre o assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *