6 dicas para planejar a expansão de franquia do seu negócio

Tempo de leitura: 5 minutos

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising, os últimos anos têm sido bastante proveitosos para franqueadores e franqueados. Isso porque a expansão de franquia cresceu 9% no ano passado e 7% no ano retrasado, o que prova que o mercado está em constante evolução.

Se você está pensando em aumentar o número de parceiros do seu negócio e crescer junto com a tendência de mercado, confira seis dicas que vão te ajudar na expansão de franquia.

Analise mercado com dados

O fato de estar procurando uma expansão de franquia pode ser um indicativo que o seu negócio está rentável, e por isso, é natural deduzir que você é um bom conhecedor do seu mercado. Certo? A ideia não está errada, no entanto, não está completamente certa. Vamos te explicar o porquê!

Ao almejar uma expansão de franquia, é importante ficar ligado ainda mais no mercado que envolve o seu negócio. E isso significa analisar localidade, comportamento do público, tícket médio de consumo, negócios adjacentes, mobilidade e muitas outras variáveis.

Por isso, antes de traçar metas e planos, organize uma pesquisa de mercado, buscando identificar pontos fortes e fracos a respeito da nova região, independente de ser um bairro ou uma cidade. Inclusive, pesquise por um histórico, identificando se já houve algum negócio parecido com o seu e claro, se existem novos concorrentes nessas localizações.

É importante estar ciente que não existe uma expansão de franquia 100% segura e confiável. Quando se faz uma análise de mercado bem feita, é possível identificar uma tendência do mercado local e prever possíveis complicações.

Logo, em vez de achismos, opte por dados, pesquisas, entrevistas.

Instrumentos jurídicos necessários para a expansão de franquia

Agora que você já tem uma noção de como funciona o seu novo mercado, esteja ciente que essa expansão envolve vários pontos fundamentais judicialmente. Fique ligado em novas tendências pois, em 2019, houve uma alteração na Lei de Franquias (Lei n° 13.996/2019), que altera vários pontos importantes, como:

  • Inaplicabilidade do Código de Defesa do Consumidor nas relações entre franqueador e franqueado;
  • Inexistência do vínculo empregatício da franqueadora com o franqueado ou seus funcionários;
  • A franqueadora tem agora, a legitimidade para propor ação renovatória;
  • E outros pontos mais.

A dica aqui é buscar ajuda de uma consultoria especializada na área jurídica, para ajudar na produção de um plano de expansão de franquia. Lembre-se que se o seu negócio der ainda mais certo, será fundamental ter esse plano bem produzido.

Prepare a sua equipe para o momento de crescimento

Ciente de como está o mercado e o que pode ou não judicialmente, é importante preparar a sua equipe com treinamentos para capacitar a todos os funcionários atuais – já que as demandas e as responsabilidades serão maiores – e também os futuros colaboradores contratados.

É importante aqui, que haja um programa de treinamento eficiente e prático para treinar mais de uma pessoa ao mesmo tempo, se possível, para não perder tempo e atrasar no desenvolvimento do seu negócio.

O treinamento permite que todos estejam na “mesma página”, entendendo os objetivos da expansão, alinhando-os para o posicionamento do negócio e até para a meta de faturamento da rede. O interessante também é que o treinamento desenvolve novas skills e potencializa competências para deixar a franquia ainda mais inovadora.

Aperfeiçoe os processos

Um passo importante na hora de projetar a expansão de franquia é fazer uma análise dos processos atuais.

Se existir uma ou mais falhas, busque solucioná-las! Lembre-se que quando expandir o seu negócio, a demanda também crescerá, o que poderá potencializar as falhas durante o processo como um todo. Se não tomar o devido cuidado, até o que está dando certo pode passar a dar errado, por conta do aumento no volume de demandas.

A dica para essa etapa, é procurar softwares que podem ajudá-lo com demandas, principalmente na parte financeira, como fechamento do caixa, gestão completa de contas, plano orçamentário e outros mais.

Quando deixar tudo otimizado, ociosidade da sua equipe será mais raro.

Lembre-se dos franqueados

Franqueamento não é uma associação, que é necessário obter a aprovação de todos – ou da maioria, dependendo de cada uma das modalidades. Mesmo assim, quando optar por uma expansão de franquia, é importante sentar e ouvir o que seus franqueados têm para dizer.

Esse momento é importante, pois pode complementar a sua análise de mercado, com dicas e dificuldades que eles passam em suas respectivas localizações. Se houver muitas reclamações iguais e pertinentes, pode ser a hora de pensar o que é importante melhorar e traçar um planejamento para melhorar o que está incomodando.

Treinamento dos franqueadores

Por falar dos seus parceiros, lembre-se que o feedback que eles te derem pode ajudar a sua equipe de marketing a traçar estratégias para ocasiões futuras e também atuais.

Por isso, incentive os seus franqueados a estudarem o mercado de atuação, de modo que eles possam identificar facilmente problemas e elaborar soluções inteligentes.

Dessa forma, a equipe de marketing poderá traçar campanhas mais bem direcionadas, o que vão impactar diretamente na sua expansão de franquia.

Bem-estar da rede

Você recebe relatórios dos seus franqueadores? Lembre-se que é importante acompanhar todas as informações disponíveis de todas as unidades para manter a qualidade. Nesses relatórios, é importante constar números sobre as vendas, satisfação dos clientes e funcionários, pois eles ajudaram a traçar as metas da sua franquia.

Lembre-se que as outras unidades levam o nome da sua marca, e por isso, ela precisa estar sempre muito bem avaliada por todos os envolvidos.

Quer saber se chegou a hora de expandir a sua rede de franquias? Confira tudo sobre como produzir o seu projeto detalhado de expansão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *