Conheça 8 empreendedoras que lançaram franquias de sucesso!

Tempo de leitura: 6 minutos

Quem disse que as franquias de sucesso são só dos homens? As mulheres também têm muito o que ensinar sobre empreendedorismo!

Antigamente era muito raro ver mulheres à frente de um negócio e comandando empresas de sucesso; porém, elas têm saído de casa e dos afazeres domésticos para darem um show de empreendedorismo e criar franquias de sucesso.

Com isso, o empoderamento feminino tem chegado também ao mundo dos negócios com grande destaque. Você sabia que 42% de todas as franquias de sucesso são administradas por mulheres?

Pensando nisso, reunimos neste post 8 cases de franquias de sucesso comandadas pelo sexo que de frágil não tem nada! Confira:

1. Sarah e Julinha Lazaretti

Sarah Lazaretti tem 55 anos e usou as dificuldades da filha para ajudá-la e montar um negócio. Sua filha sofre de alergias e, com isso, tinha muita dificuldade em encontrar produtos que não causam nenhum tipo de reação em seu organismo.

No ano de 1993, Sarah se juntou à irmã Julinha e abriram a empresa Alergoshop, que é uma marca que cria e vende produtos hipoalergênicos. Atualmente a Alergoshop conta com 12 unidades franqueadas espalhadas pelos estados de São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Paraná, além de preverem mais franquias para Minas Gerais.

Para iniciar a empresa, as duas irmãs investiram cerca de R$ 15 mil e dispõem de três modelos de negócio: quiosque para shoppings, loja de rua e quiosque.

2. Paula Menezes

Paula Menezes é formada em Direito pela Universidade Mackenzie e é o nome à frente de uma das maiores redes de franquia no segmento de estética, a Mais Depil. Seu primeiro negócio foi uma importadora de óculos em conjunto com um amigo, e essa parceria durou três anos.

Após esse período, Paula sentiu que podia mais e sabia da sua vocação para o empreendedorismo. Aproveitou o convite de uma marca de fotodepilação internacional com a proposta de ampliá-la no Brasil.

Com isso, viajou para a Europa para estudar a marca, porém a empresa queria uma sócia com mais experiência e idade, e Paula, na época, estava com 26 anos. No entanto, os conhecimentos adquiridos nessa viagem não foram em vão.

Paula Menezes inaugurou a marca Mais Depil e posteriormente a Mais Olhar, que hoje caracterizam uma rede de franquias de sucesso do setor. A rede Mais Depil é especializada em serviços de tratamentos de manchas, depilação e fotodepilação, manicure, pedicure e fototerapias. Já a rede Mais Olhar é especializada em sobrancelhas.

Para investir na franquia, é preciso desembolsar entre R$ 10.500,00 e R$ 110.000,00 com retorno em média de 8 a 18 meses, e o faturamento pode chegar a R$ 21.000,00.

3. Vanessa Vilela

As franquias de sucesso e empoderamento feminino no empreendedorismo também passam por Minas Gerais com Vanessa Vilela e seus cosméticos fabricados a partir do café.

Apaixonada por esse grão, aos 37 anos, Vanessa usou seus conhecimentos e experiências em farmácia e bioquímica e os colocou em prática unindo a beleza ao café. Atualmente a rede de franquias Kapeh conta com quatro lojas.

O investimento inicial na franquia é de R$ 150.000,00 com prazo para retorno em média de 18 a 36 meses e os seus rendimentos mensais podem chegar a R$ 30.000,00.

4. Leila Barreto

O segmento de vestuário também é um exemplo das franquias de sucesso das mulheres. Inaugurada em 1967, a marca Cantão é referência em moda feminina. Em conjunto com seu marido, Leila Barreto criou a empresa no Rio de Janeiro e hoje já tem mais de 50 lojas espalhadas pelo Brasil e ainda exporta para os Estados Unidos, a Ásia e a Europa.

A marca disponibiliza de tudo um pouco. Em seus primeiros anos, eram vendidos bijuterias e acessórios, e somente no quarto ano foram aparecendo as roupas e os sapatos. Apesar de todo esse sucesso, Leila tinha somente 18 anos quando inaugurou a primeira loja.

Os investimentos na franquia giram em torno de R$ 250.000,00 com faturamento mensal em média de R$ 120.000,00 e retorno em 18 a 36 meses.

5. Marilena Rossini

Quem nunca se deparou com a loja MMartan em algum shopping, não é mesmo? Marilena Rossini é quem está por trás dessa rede de franquias de sucesso. Especializada no segmento de cama, mesa e banho, a marca surgiu em 1985 em conjunto com as filhas Mariângela e Marilise.

Após estudar o mercado, Marilena viu que havia espaço para o segmento, e começou a sua primeira loja em São Paulo. Já em 1990 a empresa passou a ser encontrada também em Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Paraná. Atualmente conta com franqueados nos 26 estados.

Hoje o investimento inicial na franquia é em média R$ 500.000,00 com faturamento médio de R$ 140.000,00 e retorno em até 36 meses.

6. Luzia Costa

Após passar grandes e intensas dificuldades financeiras que a fizeram vender pirulitos na rua, Luzia e o marido saíram de Minas Gerais e foram para São Paulo, onde ela começou a fazer alguns cursos voltados para a beleza.

Com isso, ao passar do tempo foi conquistando clientes e viu a oportunidade de empreender. E em 2013 surgiu a marca Sóbrancelhas, que é uma rede de franquias especializada em qualquer tipo de cuidado com as sobrancelhas — desde a depilação ao design.

Hoje Luzia conta com 60 lojas e 80 quiosques que funcionam a todo vapor. Atualmente os interessados nessa franquia precisam investir cerca de R$ 100.000,00 e podem faturar mensalmente até R$ 30.000,00. O prazo para retorno do investimento é em até 18 meses.

7. Daniella Tomaz

A estudante de Turismo Daniella sempre teve o sonho de empreender. Então, ela e o marido aproveitaram os dotes para a confeitaria e criaram a marca Bella Gula em maio de 1993 em um shopping de Porto Alegre.

Quando abriu a empresa, Daniella tinha 23 anos e em 1999 começaram a expandir a marca. A rede está há 11 anos entre as melhores franquias do Brasil, e disponibilizam produtos de fabricação própria com método artesanal.

Atualmente a marca conta com 30 unidades e seu investimento inicial é de R$ 160.000,00 com retorno em até 36 meses e faturamento médio de R$ 90.000,00.

8. Edna Onodera

O marido de Edna tinha uma escola de judô e, com o olhar empreendedor, Edna começou, então, a oferecer sessões de massagem, limpeza de pele e procedimentos estéticos nos dias em que não tinham aulas marcadas.

Em 2000 essa ideia se transformou em uma rede de franquias de sucesso chamada Onodera. A marca conta hoje com mais de 57 clínicas no estado de São Paulo e em outros estados.

Para investir, é necessário ter em média R$ 300.000,00 com retorno em até 36 meses e faturamento médio de R$ 113.000,00.

As franquias de sucesso têm muitas mulheres fortes e com o dom de empreender que surge da necessidade ou falta de empregos. Com isso, as mulheres têm ganhado cada vez mais espaço nos negócios.

Que tal compartilhar estas histórias de sucesso nas suas redes sociais? Aproveite também para receber conteúdos interessantes de franquias em seu e-mail.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *