4 insights da maior conferência de multifranqueados do mundo

Tempo de leitura: 2 minutos

O CEO da F360°, Henrique Carbonell, esteve em Las Vegas na última semana acompanhando a 21ª edição da Multi-Unit Franchising Conference (MUFC), Conferência Anual de Franqueados Multiunidades, que aconteceu entre os dias 29 de março e 1º de abril.

O empresário integrou o time de curadores da Associação Brasileira de Franchising (ABF) e traz alguns insights e tendências do que foi visto nas diversas palestras com os mais importantes temas de interesse para multifranqueados de todos os países.

1. Internacionalização de franquias:

A internacionalização de franquias é um movimento que gera oportunidade de explorar novos mercados com grande potencial de crescimento. Além disso, levar uma rede para outro país oferece vantagens como o aumento na escala de produção, o aproveitamento da capacidade ociosa existente na empresa, o aperfeiçoamento dos processos produtivos, industriais e comerciais, a redução da dependência das vendas internas, maior segurança contra as oscilações dos níveis da demanda interna, entre outros.

No ano passado, o número de unidades de franquias americanas abertas fora dos Estados Unidos ultrapassou 11.000, já internamente esse número não passou de 900, mostrando que a internacionalização de franquias é um movimento cada vez mais comum no franchising.

2. Desafios de crescimento:

  • Acesso a capital: a insegurança do mercado tem ampliado a dificuldade de acesso a recursos financeiros.
  • Mercado de trabalho: por conta dos incentivos do governo, muitas pessoas estão recebendo do Estado o mesmo valor que receberiam trabalhando, causando uma dificuldade em contratação e aumento de turn over (rotatividade de funcionários). Muitos franqueados estão tendo sucesso buscando jovens no high school (o Ensino Médio americano), entendendo que é um público com muita energia, facilidade de aprendizado e financeiramente acessível.
  • Fim de programas de estímulo econômico: com o fim da pandemia, ou ao menos o seu arrefecimento, os programas estão chegando ao fim.
  • Supply chain: em virtude da pandemia e da guerra entre Rússia e Ucrânia, toda a cadeia de distribuição de insumos e produtos foi afetada, deixando a cadeia desabastecida e gerando falta de produtos e insumos para produção para o consumidor final.

3. O que os credores estão prestando atenção?

  • Desempenho da franquia em relação a 2019
  • Desafios específicos do setor: saturação excessiva, falta de demanda, Covid-19
  • Projeções de custo inicial e custo de mão de obra
  • Caixa extra no balanço não significa que o franqueado está indo bem, pois pode ter falta de estoque ou ter contraído dívidas, por exemplo
  • Os credores viram menos inadimplência do que seria esperado em uma crise, mas alguns estão preocupados que ainda tenha mais por vir

4. Fique de olho:

Esteja preparado para fazer seu orçamento antecipando um período mais longo de aumento de custos. Isso não é transitório!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *